segunda-feira, 21 de setembro de 2009

Cachoeiras do Triângulo - Município de Uberlândia/MG

As descrições das cachoeiras e as fotos são de autoria de Marco P. P. Oliveira

------
Sucupira:

Localizada há 17 km da cidade de Uberlândia, esta belíssima cachoeira é formada pelas águas do rio Uberabinha. No local funciona um dos sistemas de captação e tratamento de água que abastece o município, o qual está sob a responsabilidade do Departamento Municipal de Água e Esgoto (Dmae). A cachoeira é bastante freqüentada pela população uberlandense, a qual tem este local como um excelente refúgio para as tardes de intenso calor. O acesso mais fácil é feito a partir do trevo de saída para Araxá, próximo ao bairro Morumbi. Ao chegar no trevo, procure pela empresa Supporte Logística, pois a estrada que dá acesso a cachoeira começa ao lado dessa empresa.


Cachoeira do Córrego Mogi:

O córrego Mogi nasce numa mata localizada entre os bairros Granada e Jardim Karaíba em Uberlândia. Antes de encontrar com o córrego Lagoinha, suas águas formam esta bela cachoeira localizada dentro do perímetro urbano. O acesso a cachoeira é feito pela Alameda Marília de Dirceu - Jardim Karaíba.



Cachoeira do Karaíba:

Esta cachoeira também localizada dentro do perímetro urbano de nossa cidade, é formada pelas águas do córrego Lagoinha. É uma pena que o córrego no local da cachoeira esteja poluido. O acesso é feito pela Av. Antônio F. Lisboa - Jardim Karaíba.


Recanto dos Namorados:

A Cachoeira Recanto dos Namorados fica próxima a Cachoeira de Sucupira. Ao chegar na Cachoeira de Sucupira, desça a margem esquerda do Rio Uberabinha por aproximadamente 1 Km. O córrego que forma a cachoeira, logo após a queda, desagua no Rio Uberabinha.


Cachoeira do Panga:

O jeito mais prático de chegar a esta cachoeira formada pelas águas do Ribeirão do Panga é a partir do bairro Morada Nova. No final da avenida principal daquele bairro, depois do complexo da Petrobrás, começa a estrada de terra que segue para o Distrito de Miraporanga. Desça por ela. Após o Ribeirão Douradinho, chega-se então a ponte sobre o Ribeirão do Panga. A cachoeira fica a poucos metros da estrada, na margem esquerda de quem segue para Miraporanga.


Marimbondo:

O Córrego Marimbondo, antes de correr rumo ao Rio Araguari, nos brinda com esta fascinante queda d`água! Para quem desejar conhecê-la, basta se dirigir até o bairro Ipanema. No final da Rua Aeronaulta, pegue a estrada de chão e desça direto até a ponte sobre o córrego. Ao chegar na ponte, basta olhar a sua esquerda e verá que as águas desse córrego simplesmente despencam no abismo. Para se chegar a parte baixa da cachoeira, basta descer alguns metros pela margem direita do córrego e entrar na trilha de acesso.

Bom Jardim:

O Rio Bom Jardim além de ceder suas águas para o abastecimento de Uberlândia, também nos presenteia com esta fascinante cachoeira antes de desaguar no Rio Uberabinha! Um acesso prático é a partir do Anel Viário Sul. Chegando ao Campus da Unitri, pegue o Anel Viário Sul e siga sentido BR 050. Antes de chegar a essa rodovia, mais ou menos na altura do bairro Campo Alegre, e a direita, começa uma estrada de chão que segue para a Ponte de Arame. Após atravessar essa ponte, haverá uma subida, e mais a frente um campo de futebol do lado esquerdo. O ínicio da trilha de acesso tem um mata-burro e está do lado direito, mais ou menos uns 100 metros a frente do Campo de Futebol. Então, pegue a trilha desse mata-burro e desça. Mais a frente haverá uma curva a esquerda e depois uma para a direita. Já no final do retão haverá uma porteira a esquerda, de onde já se pode ouvir o barulho da cachoeira. Basta transpor a porteira e seguir pelo trinheiro até o local da queda.

Cachoeiras da Capela dos Martins:

A estrada de chão que une Uberlândia ao Distrito de Martinésia passa em frente a uma capela denominada de Capela dos Martins. Próximo a essa capela, às margens dessa estrada, há um pequeno "cânion" onde as águas de um córrego o penetram dando origem a duas quedas d`água. Após as quedas, o córrego corre para desaguar no Rio Uberabinha.


Cachoeira da Estrada do Águas do Vale:

Para se chegar a esta cachoeira de águas geladas, basta pegar a estrada de chão que se inicia ao lado da Portaria do Clube Águas do Vale, próximo a Agroceres, no trevo de saída para Araxá. Desça a estrada até chegar a uma fazenda bem antiga. Daí vire a esquerda e continue descendo até o córrego. O acesso a cachoeira é muito fácil, visto que a mesma não é alta.

Cachoeira da Lama:

Esta cachoeira é de fácil acesso. Pegue a BR 050 e siga sentido Uberaba. Após a ponte sobre o Rio Uberabinha, entre na primeira estrada de chão a esquerda e siga sentido Sucupira. A cachoeira fica em um buraco, praticamente às margens da estrada, mais ou menos 1 Km da rodovia.


Cachoeira do Terra Branca:

O córrego Terra Branca nasce nas imediações do Tangará Country Clube. Antes de desaguar no Córrego Marimbondo, apresenta esta interessante cachoeira. Um acesso prático é a partir da estrada do Aclimação. Chegando ao "pé-de-galinha", pegue a estradinha da direita e desça. A estrada passará praticamente ao lado da parte alta da cachoeira. Já o acesso a parte baixa da mesma é complicado, sendo o melhor caminho subir por dentro do córrego até a queda d`água.


Cachoeira da Coalbra:

Próximo à antiga usina de álcool denominada de Coalbra, existe estas belas quedas d`água. O acesso é muito fácil e prático. Saindo de Uberlândia pela rodovia MGT 452 pegue sentido Araxá. Entrar à esquerda, no trevo para a Coalbra / Parque dos Dinossauros. Após a Coalbra, pegue a estrada de chão à direita, que fica numa curva bem fechada. Desça pela estrada de chão por mais ou menos 1 km. As quedas d`água ficam alguns metros abaixo da ponte sobre o córrego.




Cachoeira da BR:

Esta cachoeira fica às margens da BR 050, há 1 km da ponte sobre o Rio Araguari. Indo de Uberlândia para Araguari, ela está do lado esquerdo. No local ainda existe uma outra cachoeira, localizada alguns metros abaixo, praticamente na foz do córrego.

22 comentários:

  1. Ola Hugo!
    Adorei seu blog no que diz respeito sobre as cachoeira de Uberlandia. A descrição esta bem clara, de facil entendimento e a forma de chegar as essa cahoeira tambem. Continue assim, divulgando as belezas naturais que poucos conhecem em nossa cidade. Eu como pos graduanda em gestao ambienatl sinto muita falta de pessoas com teu perfil.

    ResponderExcluir
  2. Show! Alguns amigos me perguntam bastante sobre as cachoeiras de Udia. Agora ficou fácil, é só copiar o endereço e enviar. Parabéns.
    Ass. Pácis Arantes Júnior (Pai da Luísa)

    ResponderExcluir
  3. Opaa...blz!
    Referente a cachoeira da capela dos martins...
    Fui com alguns amigos procurar mais não achamos,na capela nós chegamos mas quanto a cachoeira,não conseguimos encontra-la e perguntamos para muitas pessoas que moram la e ninguem soube informar.Se voê conseguir dar uma descrição mais detalhada,OK!?
    Quanto ao site,muito bom , valoriza as nossas cachoerias , nossas paisagens,muito legal.
    Agradeço
    Abraço.

    ResponderExcluir
  4. Daniel, provavelmente ferei uma trilha por aquela região por estes dias, e coloco uma descrição com mais detalhes no site. Devemos lembrar também que dada a sequidão destes dias, pode ter ocorrido de a cachoeira ter desaparecido, mesmo porque o volume d´água dela é bem pequeno. Abraço, Hugo

    ResponderExcluir
  5. OI Hugo,

    Gostaria de saber se estas cachoeiras ficam dentro de propriedades privadas. Pergunto pq faço um trabalho de preservação ambiental das cachoeiras.
    O site esta muito interessante!
    Cordiais saudações,
    Tânia

    ResponderExcluir
  6. Bom dia Hugo,
    Desejo ter uma informacao mais precisa de como chegar a Cachoeiras da Capela dos Martins, se possivel me add no msn valerio_luc@hotmail.com .
    aguardo respostas, desde ja grato Lucas.

    ResponderExcluir
  7. 18°43'27.38"S
    48°20'14.76"O
    ta ai as coordenadas de uma cachoeira pra frente de cruzeiro dos peixotos e muito bonita tem uma ponte e ela fica a direita de quem ta indo, e a esquerda tem varias outras quedinhas bem pequenas.

    ResponderExcluir
  8. Douglas muito obrigado pela informação! Muito em breve vou catalogar esta cachoeira e colocar fotos da mesma aqui no blog!

    ResponderExcluir
  9. Olá sou Virna Barra, redatora da REVISTA INTEGRA e gostaria de publicar esta descrição na REVISTA INTEGRA para o fim de ano, tenho sua permissão? Os créditos e fotos serão postados pra vc. Obrigada!

    ResponderExcluir
  10. parabens pela atitude, o site esta bem bacana!!
    mas gostaria de saber se hj as cachoeiras citadas sao de agua limpa ou de acesso legal!?
    pois fui nessa cachoeira do sucupira e o lugar é realmente um paraiso, mas o acesso é proibido!!
    entao fiquei sem saber se ate mesmo a agua da para se banhar!?
    Mas continue assim postando novas cachoeiras q continuo seguindo... Valeu!!

    ResponderExcluir
  11. Oi, boa tarde!

    Eu queria acampar em Uberlândia, só que moro aqui tem pouco tempo e n sei onde encontrar alguma cachoeira que de pra acampar, ficaria grato pela ajuda.

    Murilo Pimenta

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Murilo, tudo bom contigo?
      Pessoalmente não acho seguro se acampar nas proximidades de cachoeiras em Uberlândia. Infelizmente a cidade está perigosa, dada a criminalidade. Sei que as pessoas acampam nas proximidades da cachoeira do Rio Claro, perto de Nova Ponte. Daqui até lá são uns 55 km. Veja a cachoeira no link: http://cerradomineiro.blogspot.com.br/2010/08/quedas-do-triangulo-cachoeiras-de-nova.html

      Excluir
  12. Parabéns pelo site, muito útil nessa época de calor exagerado e para quem não conhece bem a região este é um ótimo guia! Sucessos

    ResponderExcluir
  13. Parabêns pela iniciativa! Eu não imaginava que Uberlândia possuia tantas cachoeiras, obrigada!

    ResponderExcluir
  14. Boa tarde, amigos, alguém saberia me informas as distâncias dessas cachoeiras do perímetro urbano de Uberlândia, e alguns amigos já pedalamos a algum tempo e estamos partindo para novidades agora, e pensamos em visitar essas cachoeiras, e tem no nosso grupo caras que estão bem treinados e preparados,outros com condicionamento moderado, e outros que estão começando e que ainda estão pegando folego, ganhando condicionamento, nisso gostaria de planejar um roteiro de modo a ser bom para todos respeitando o limite de cada um. Grato, e no aguardo.

    ResponderExcluir
  15. Guilherme, boa noite!
    Mencione a cachoeira, que te passo uma distância aproximada!
    Te adianto que todas são acessíveis, mesmo para quem está com preparo não muito em dia.
    No aguardo,
    Hugo

    ResponderExcluir
  16. Boa tarde, muito boa a listagem das cachoeiras no perímetro de uberlândia! Gostaria de saber em quais delas é possível nadar

    ResponderExcluir
  17. Oi Hugo, mais que as cachoeiras, me interessa fazer os percursos a pé até elas... poderia me auxiliar socializando mapas guias das trilhas? rita.a.cosenza@gmail.com ... obrigada, abraços, Rita

    ResponderExcluir
  18. Assim como a Rita, tambem gostaria de ter acesso ape . Se pudrr mandar algumas informações, sou novo na cidade e gostaria de conhece-las.
    matheus.eventos@hotmail.com

    ResponderExcluir
  19. Gostei muito dessa matéria, só pra lembrar a cachoeira do córrego marimbondo que sai pelo bairro Ipanema agora não pode mais ser visitada, pois a mesma agora fica dentro da reserva capim branco 1 e é monitorada pelo IBAMA.

    ResponderExcluir
  20. Gostaria de saber mais informações sobra como chegar a cachoeira da Br,se for possível. Obrigada

    ResponderExcluir